A História e Biografia de Hipócrates

Conhecido como o pai da medicina moderna, Hipócrates (?460 a.C. – ?377 a.C.) foi a primeira pessoa a separar medicina de superstição. Nascido na ilha grega de Cós, filho de um médico, Hipócrates rejeitou a crença de seus contemporâneos de que as doenças eram causadas por deuses vingativos. Em vez disso, ele propôs que todas as doenças têm uma causa natural. “Encontre a causa”, disse, “e então você poderá curar a doença.” Ele afirmava que com a observação dos sintomas de uma doença e de sua gravidade, o médico podia dar um prognóstico ao paciente, comparando seu progresso com o curso característico da mesma doença. Hipócrates inaugurou uma escola de medicina baseada em idéias racionais como essas.

Outro conceito médico que Hipócrates reconheceu era que o método de cura usado em um paciente talvez não ajudasse outro. Ele afirmou que “o alimento de um homem é veneno para um outro”. Hipócrates também incentivou os médicos a usarem remédios simples, como alimentação saudável, bastante descanso e ambiente limpo. “A natureza muitas vezes traz a cura quando isso é impossível para os médicos.” Se os métodos simples haviam falhado e o paciente estivesse à morte, ele sugeria então que “doenças irremediáveis precisam de remédios desesperados”.

Hipócrates, afresco do século XIII numa igreja de Lácio, 1231.

Hipócrates incentivava a atitude certa do médico para com os doentes, com afirmações como “a doença às vezes é mais forte quando a mente está perturbada” e “alguns pacientes recuperam a saúde ao ficarem satisfeitos com a bondade do médico”. Ele ensinou que os médicos devem estar a serviço de seus pacientes e seguir padrões rígidos de conduta. Em sua época, o médico era às vezes subornado para garantir que o paciente morresse. Um governante poderia ordenar a um médico que preparasse veneno para matar um inimigo. Hipócrates declarou que o dever do médico é para com seu paciente e endossou um juramento que até hoje é repetido por formandos de medicina. O juramento de Hipócrates contém diretrizes para uma conduta honrada e declara: “Aplicarei os regimes para o bem do doente segundo o meu poder e entendimento, nunca para causar dano ou mal a alguém. (…) Se eu cumprir este juramento com fidelidade, que me seja dado desfrutar felizmente da vida e da minha profissão, honrado para sempre entre os homens; se eu dele me afastar ou infringir, o contrário aconteça.”

Embora Hipócrates tenha contribuído muito para a arte da cura, pouco se sabe de sua vida pessoal. Os historiadores acreditam que ele tenha visitado o Egito, onde estudou medicina. Ensinou, então, em vários lugares, incluindo Atenas. Enfim, retornou para a ilha de Cós para dar início à sua própria escola de medicina. Uma estátua descoberta em Cós, que se acredita ser de Hipócrates, mostra um homem de baixa estatura com uma barba cacheada.

Os ditos de Hipócrates chegaram aos dias atuais porque seus alunos anotavam seus discursos e publicaram livros narrando-os. Mais de 50 livros levam o nome de Hipócrates e seus escritos são suficientes para justificar o título de pai da medicina.


Lembre-se, este site também é seu! Divulgando esta história, você trará mais visitas ao site e nos dará força para manter o mesmo sempre atualizado.

About Diamond