A História e Biografia de Jesus Cristo

A história da vida e dos tempos de Jesus – seguidor de uma religião e fundador de outra – foi escrita por quatro de seus discípulos após sua morte e se encontra nos Evangelhos do Novo Testamento da Bíblia.

Segundo os Evangelhos, Jesus (cerca de 4 a.C. – 29 d.C.) era judeu, nascido em Belém, na Palestina, durante o reinado de César Augusto, o primeiro imperador romano. Cresceu em Nazaré, filho de um carpinteiro chamado José e de sua esposa, Maria. Os cristãos ortodoxos acreditam que José era simplesmente seu padrasto, pois Jesus era, literalmente, o Filho de Deus.

Por volta de 25 d.C., Jesus se tornou curandeiro e professor itinerante. Judeu devoto e piedoso, ensinou a fé judaica na qual fora criado, acrescentando porém, um novo código moral que enfatizava a importância da paz, da honestidade, da simplicidade, da tolerância e da humanidade. Sua mensagem mais conhecida, o Sermão da Montanha, resumia esses princípios e acabou se tornando a base fundamental de uma nova fé.

À medida que a notícia dos ensinamentos de Jesus se espalhava, também corriam histórias sobre sua habilidade de curar os doentes e os cegos e até, segundo alguns, de levantar os mortos. Em pouco tempo, as pessoas começaram a falar dele como o tão esperado Messias, o salvador – que, como acreditavam alguns judeus, Deus mandaria para livrá-los dos opressores romanos, exatamente como Moisés os havia libertado da escravidão no Egito, por volta de 1250 a.C. Após quatro anos, Jesus já havia atraído inúmeros seguidores. Também fez muitos inimigos, tanto nos ciclos religiosos quanto nos oficiais, que viam o pregador carismático como uma ameaça à sua autoridade. Em 29 d.C., Jesus foi traído por um de seus seguidores e preso pelos romanos em Jerusalém. Seus inimigos convenceram Pôncio Pilatos, o governador romano, a mandar executá-lo, por representar um perigo para a regência de Roma.

El Greco. Cristo Abraçado com a Cruz, 1600-1610. Museu do Prado, Madri.

Jesus foi pregado em uma cruz no monte chamado Calvário e abandonado para morrer. Segundo os Evangelhos, três dias depois de ter sido enterrado em uma catacumba, ele levantou-se dos mortos. Apareceu muitas vezes a seus discípulos nos 40 dias seguintes e depois subiu aos Céus.

Os discípulos de Jesus sustentam que ele era tanto o Messias como o Filho de Deus, que fora enviado à Terra para sacrificar sua vida para que todas as pessoas pudessem renascer na graça de Deus e entrar no paraíso eterno ou Céu. Após a morte de Jesus, seus muitos seguidores passaram a pregar sua mensagem e conseguir conversões para essa nova religião, chamada cristianismo.

Apesar das tentativas de reprimi-lo e destruí-lo, o cristianismo se difundiu e acabou se tornando a religião dominante do Império Romano. Dois mil anos depois de seu início, existiam 1,6 bilhão de cristãos no mundo.


Lembre-se, este site também é seu! Divulgando esta história, você trará mais visitas ao site e nos dará força para manter o mesmo sempre atualizado.

About Diamond